"SENHOR, não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar; não ando à procura de grandes coisas, nem de coisas maravilhosas demais para mim. Pelo contrário, fiz calar e sossegar a minha alma; como a criança desmamada se aquieta nos braços de sua mãe, como essa criança é a minha alma para comigo. Espera, ó Israel, no SENHOR, desde agora e para sempre.(Sl 131)

Visitantes

Posts

terça-feira, 16 de março de 2010

Pornografia por pornografia

Li em artigo que circulou na internet o seguinte texto: “Ateus oferecem pornografia em troca de textos religiosos”. Tratava-se de um ato deliberado por um grupo de universitários que se opunham a textos de diversos credos religiosos. E passaram a distribuir pornografia para substituir qualquer texto religioso. Pois, segundo eles, não há diferenças. Ou seja “elas por elas”, "sujo por sujo".

Este absurdo repercute acentuadamente em mim quando ouço pregadores apóstatas, sejam de seus púlpitos, sejam nos entreveros nas disputas por poder,  manifestarem seus corações.  

Aqueles por ignorância deturpam as Escrituras; estes por vanglória, externam o profano como se sagrado fosse.    Estes tais estão alinhados ao manifesto ateu.

Ainda não ouvi pornografia explícita proferidas por esses líderes, mas a linguagem chula e de baixo calão é utilizada com rigor dogmático na troca de ofensas e acusações e em suas extravagantes apresentações.


Perplexo, assisti, via Tv, a autopromoção feita por um apóstolo. Afirmando-se viril, clara e abertamente, fez uso da queixa de sua esposa. O que foi “entendido” e recebido com sonoros sorrisos pelo seu “público”.

Outro, entre vendas de livros, excursões, Bíblias, Cd de estudos que "com certeza iria abençoar" a vida de quem o comprasse, em rede nacional de televisão, aludiu à pouca inteligência de certas pessoas com o termo “trouxa”.
Há outras citações e termos da moda que não convém citá-los que fazem parte da linguagem da apostasia.

O que lemos nas Escrituras a respeito de linguagem? Topicamente temos:

"Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós." (Tito 2:8)

Irrepreensível – não acusável;

"Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças". (Ef 5.3:4)


Torpeza – obscenidade;
Parvoíces – tolice;
Chocarrices – deboche, zombaria.

A linguagem do santo não pode ser permeada por obscenidade, duplo sentido, termos chulos. Isto não se aplica apenas aos pregadores, mas como diz o texto sagrado NÃO convém aos santos.

Linguagem santa, que é mandamento do Senhor, tem sido acusada de farisaísmo. Até por pessoas que têm dedicado esforço e vigor no combate à Apostasia.

Não raro percebo em blogs, livros, pregações e textos diversos o uso dos mesmos recursos da linguagem da apostasia: termos chulos, ofensas pessoais, paganismo explícito - há perfil de crente com signo do zodíaco -  etc.

Assim, combatemos os apóstatas com armas da apostasia. E como os ateus, institucionalizamos o “elas por elas”. Pornografia por Pornografia.
Banalizamos a santidade supondo que algumas coisas "são lícitas, mas nem tudo convém", inclui o pecado, a desobediência.

A advertência vem do Senhor:

 
"PORTANTO, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo." (Rm 2 : 1)
Que Deus seja bondoso com todos os santos.

E a Ele Glória, Honra e Louvor de eternidade a eternidade.

Um comentário:

  1. A Paz do Senhor!

    Paulo, vim retribuir sua visita ao PC@maral. Obrigado e parabéns pelo blog.

    Quanto ao texto, infelizmente, ao invés de influenciar positivamente as pessoas pelo bom falar, muitos negam principios bíblicos, com pretexto de contemporanizar o linguajar, ou seja, "falar de maneira que o povo entenda". [?]

    Deveria ser o contrário. Deveriam falar corretamente, com linguajar santo, influenciando outros a agirem da mesma forma, promovendo assim a edificação das pessoas.

    Mas o tempo da volta de Jesus está mais perto do que "ontem", e Ele nos disse que estas coisas aconteceriam e servem de sinais para Sua vinda.

    Quanto a nós, continuemos falando em santidade, pregando a palavra da verdade, influenciando positivamente as pessoas com linguajar sadio. Mesmo sendo tachados de antiquados, continuemos firmes.

    Somos poucos?

    O povo de Deus, fiel, sempre será "poucos".

    Já estou seguindo seu blog. Que Deus te abençoe!

    ResponderExcluir

1. Seus comentários e refutações são bem vindos.
2. Por favor, faça-os sempre com base nas Escrituras, caso contrário, são opiniões pessoais, com pouco valor
3. Não modero cometários, seu temor ao Senhor deve sê-lo
As ofensas pessoais podem ser substituídas por refutações, ajudariam a todos que passam por aqui.

Em Cristo.