"SENHOR, não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar; não ando à procura de grandes coisas, nem de coisas maravilhosas demais para mim. Pelo contrário, fiz calar e sossegar a minha alma; como a criança desmamada se aquieta nos braços de sua mãe, como essa criança é a minha alma para comigo. Espera, ó Israel, no SENHOR, desde agora e para sempre.(Sl 131)

Visitantes

Posts

sábado, 10 de abril de 2010

A horrenda proposta da apostasia

"Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo." (Hebreus 10 : 31)

O Cristianismo Bíblico, sempre existiu por haver um relacionamento real com Deus. O Deus pessoal, Triuno, eterno, criador de todas as coisas comunicou-Se com suas criaturas, revelando-Se, isto é a base de toda fé cristã. A Palavra do Senhor, e somente ela,  regulamenta este relacionamento

Esta realidade, por ser demasiadamente divina, foi abandonada. Submeteu-se aos retoques e ajustes das mãos aflitas e mentes ambiciosas do homem moderno. Para tanto, proclamaram a inexistência do Senhor, assumindo o controle sobre a vida e a morte; e o Cristiansimo deixou as Escrituras, adaptou-se às regras do mercado, passou a ser mais uma religião.

Lançaram fora suas entranhas, recriaram seus princípios, sua etimologia e natureza. Iniciando uma trilha descendente e sem retorno. Pobres apóstatas, pobre humanidade.

Adaptada ao homem secular, que sem questionar seu real significado e propósito, se apropriou dela chamando-a de Cristianismo. Com um cenário favorável, essa transgressão conceitual e prática passou a ser a verdade. O absurdo que vemos aí, é para o mundo o Cristianismo. E presenciamos o impensável, católicos, evangélicos, espíritas, testemunhas de jeová, adventistas do sétimo dia, neo-pentecostais, unicistas, mórmons e muitos outros são cristãos.

O Cristianismo perdeu sua razão e identidade, e o que vemos hoje é um movimento humanista  refém dos princípios e postulados da Psicologia, Marketing, Sociologia e outras disciplinas sociais.

Sem os valores espirituais e regras, as opiniões se confundem, a verdade é uma questão de convicção pessoal. O "eu creio" é o suporte para toda a verdade. Os sentimentos e anseios compõem a fonte para todo enunciado cristão.
Seu misticismo passou a ser um passe de mágica, um clamor ao desconhecido. Tudo é envolto em sombras, o absurdo é sempre autorizado. Em religião tudo é possível, dizem. Assim, esse cristianismo, em sua nova cosmovisão, estabelece que Deus é apenas a introspecção  circunstancial do indivíduo. Deus é o imaginário de cada indivíduo, o panteísmo dá o ar de sua graça na apostasia cristã. O conjunto de forças do apóstata é deus - um deus ninguém, e sua auto-determinação chamou-a de fé. 

Sedimentadas tais verdades, com Deus subjugado, a adoração é dirigida para o deus interior de cada celebrante. O cristianismo apóstata, mais uma vez atende ao mercado, e é também entretenimento, lazer. Circunscrita aos ideais humanos, a verdade, que outrora engrandecia ao Senhor, ficou reduzida a mantras do absurdo para prazer e conquistas das criaturas.

Sem Deus, sem Cristo, não há cruz, não há sangue e o homem livre aprofundou sua escravidão da morte.  Os resultados estão por toda parte: o pragmatismo roubou a esperança e a vida perdeu seu valor. Resta apenas a morte por escolha.   Esta é a proposta.
Pobres apóstatas, pobre humanidade.

"Minha é a vingança e a recompensa, ao tempo que resvalar o seu pé; porque o dia da sua ruína está próximo, e as coisas que lhes hão de suceder, se apressam a chegar." (Deuteronômio 32 : 35)

Bendito seja nosso Deus.

A Ele honra, glória e louvor de eternidade a eternidade.

26 comentários:

  1. Triste ver como o cristianismo vem perdendo sua essencia, mas gloria a Deus que ainda existem homens e igrejas que a vivem e querem resgatá-la. Muito bom o blog, parabens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A apostasia que assistimos é o penúltimo sinal da volta de Jesus para buscar Sua Igreja: Os justificados em Jesus. Ora! Parte dos restarem aqui apenas fingiram ser de Jesus. Pois Jesus disse que quem viesse a Ele (de fato), jamais seria lançado fora.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Um qualuqer, mais uma vez bom dia.
      A Apostasia é o penultimo sinal da volta (vinda é mais adequado) de Cristo. Qual seria o último?

      Excluir
    4. Sim, A vinda nas nuvens para levar as cinco Virgens, e deixar as cinco outras com os apóstatas. Então o ultimo sinal, a entronização do malino aqui para fazer deste Mundo maldito seu reino. Então Ele voltará após sete anos para executar Sua Justiça: POIS MANDA QUEM PODE E OBEDECE QUEM NÃO É IDIOTA.

      Excluir
  2. Que Deus seja engrandecido.

    Muito obrigado pela visita.

    Em Cristo.

    ResponderExcluir
  3. É VERDADE, IRMÃO PAULO, A IGREJA TEM PERDIDO SUA IDENTIDADE. OS CAFETÕES DA PROSPERIDADE ESTÃO POR TODA PARTE CONSTRUINDO SEUS IMPÉRIOS, SUAS MEGA-IGREJAS-EMPRESAS. MAS, O SENHOR HÁ DE DESTRONÁ-LOS E VAI TRAZER A IGREJA AO ARREPENDIMENTO E AO BATISMO DE SANTIDADE.
    VISITE MEU BLOG: http://voltemosraizes.blogspot.com/
    QUE O SENHOR TE ABENÇÕE RICAMENTE
    IR. MARCOS PINHEIRO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo em parte. Não creio que as "igrejas" que pertencem a estes canalhocratas venham a se arrepender. Antes a verdadeira Igreja é dos arrependidos.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Um qualquer, não sei onde voce concorda ou discorda, já que é em parte.
      Meu texto fala sobre "um cristianismo" apóstata.
      Não abordei, acho eu, sobre o futuro eterno de igrejas ou indiivíduos.
      Apesar de concordar totalmente com você a respeito do arrependimento ou volta da situação atual. É a apostasia predita.
      Um grande abraço.
      Em Cristo.

      Excluir
    4. Discorda da existência de crente inocente, igreja cujo dono é o pastor, e este faz o que bem quer, qual um tirano e ainda tem imbecis para dizer "Não toques no UNGIDO do Senhor" vai ele e os demais para o Inferno.

      Excluir
    5. Esse qualquer tem nome: Horácio de Rezende Boanerges Vieira.E Afirmo: A maioria dos pastores agora existentes são ocultistas e vendido a Satanás.

      Excluir
    6. Ora! Se de fato vivenciamos a apostasia, ipsu facto é fato: Os líderes, ou pastores, ou missionários, ou "profetas", os pseudo apóstolos etc.... Em sua grande maioria estão a serviço das Trevas para fazer apostatar "seus fiéis"... Eles que são culpados pela ganância e avidez do poder.

      Excluir
    7. Um qualquer, boa tarde.

      Não sei quem é Rezende Vieira - irei pesquisar.

      Quanto ao destino eterno deles, afirmar sobre tal está além dos marcos que Deus estabeleceu para seus servos.

      Quanto ao serviço em benefício das Trevas, concordo integralmente.

      Envie um texto seu sobre o assunto, que poderemos fazer um texto em conjunto.

      Grande abraço.

      Excluir
    8. Você disse: "afirmar sobre tal está além dos marcos que Deus estabeleceu para seus servos". Sim! Podemos afirmar e reafirmar o que colocamos acima, pois a Bíblia nos confirma: "Maldito o homem que confia no homem"... Entrementes, se, se arrependerem de confiar nestes, e estes de sobrepor-se como "Senhores" deles (Igreja), certamente escaparão do Inferno. Senão, NUNCA! Jamais. Porquanto face a Palavra de Deus, existem apenas duas opções: sim, sim! Não, não. Enfim! O limite para mim é a Palavra de Deus. Sendo assim, "Não confio em pastores"... Prefiro a morte que confiar em quaisquer deles... Mas, se falarem à Luz da Palavra de Deus, certamente veremos a Alva, seja através deles, quiçá até através duma jumenta ou pedras... Quanto ao homem que menos confio, é àquele que fito no meu espelho.

      Excluir
    9. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    10. Horácio, Boa noite.
      Gostaria de me desculpar por não haver inicialmente identificado seu nome quando em um comentário anterior você escreveu: Horácio de Rezende Boanerges de Oliveira. Supus que se tratava de um dos “donos de igreja”, aos quais você se reportava em seus comentários. E não pensei que se tratasse de seu próprio nome.
      1. Quanto aos limites estabelecidos pelo marcos do Senhor.
      O que afirmo é que não somos capazes de garantir que tais pessoas irão para o céu ou para o inferno. Podemos garantir que a aceitação - novo nascimento - do evangelho leva as pessoas para o céu. E mais, que a real aceitação produz frutos de arrependimento.
      Mas, não podemos garantir quais pessoas estarão ou não no céu. Jamais, por nossa percepção e sabedoria, colocaríamos no céu sansão. E um dia encontraremos com ele. Portanto, podemos e devemos julgar as pessoas e o mundo, mas não podemos garantir que este aquele estará para sempre com o Senhor.
      2. Sobre a confiança em si mesmo, ela deve crescer de acordo com sua dependência do Senhor e diminuir de acordo seu fortalecimento pessoal.
      Há outros assuntos que você comentou que em momento oportuno responderei.
      Muito obrigado por sua visita e comentário.
      Que o Senhor seja bondoso com todos os seus servos

      Excluir
  4. Não estou ofendendo ninguém pessoalmente. Estou falando acerca de APOSTASIA, e quem apostata é crente, Só crente possui a condição sine qua non para apostatar da vera doutrina cristã... Da Fé uma vez entregue aos santos. Mas o sangue do apóstata, certamente não manchará outras mãos, senão da liderança das igrejas. E digo quando ela começou: quando os hinários começaram a sumir das Igrejas e foram trazidos de fora "levitas" com fedor de maconha, cheios de tatuagens e de piercings... DIGO ISSO NA PRESENÇA DE DEUS E ASSUMO OS RISCOS,

    ResponderExcluir
  5. Um qualquer,

    por que só crentes podem apostatar?
    Não poderiam "religiosos" em meio a Igreja conduzirem-na para apostasia?
    Quanto ao sangue dos apóstatas, acredito que será cobrado deles próprios e de seus líderes - não apenas de seus líderes.

    Grande abraço.

    Estarei em São Paulo em Março de 2016.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O verbo apostatar só pode ser conjugado por crente. Indiscutivelmente, basta apelas a lógica e a ética. Quanto ao sangue dos apóstatas, este cairá contra eles, misturados ou não a quaisquer outros que por desventura lhes sejam afins, seja passiva ou ativamente.

      Excluir
  6. (Horácio) Por você ter mergulhado mais fundo acerca da apostasia. Eu concordaria que, além dos "crentes" que apostatam: Obviamente da Fé cristã. O Mundo todo tem apostatado da ideia de Deus: Através, principalmente pelo endosso da doutrina de Darwin. Que é uma falsa ciência. Quanto a Darwin, este nunca foi crente, nem seu pai. Já seu avô era um medico e poeta satanista, e, o verdadeiro autor da doutrina maldita que seu neto idiota aventou. À parte subjaz as sociedades secretas universais que controlam as Academias de ciência da Terra. Quem discordar de nossas colocações, discorda por ignorar os fatos Históricos (N.B.) ou por hipocrisia. Seja como for, ambos servem ao Inferno. Consciente ou inconscientemente... Enfim! A doutrina de Darwin é a maior ferramenta contra a existência de Deus. Acontece que no tempo deste pseudo cientista, a ciência era, ainda, virulentamente atrasada. Principalmente acerca da "célula". Ora! Célula simples jamais existiu, até para ser idiota ou raciocinar com um Darwin, usamos de células cuja complexidade é algo abismal. Sim! O conceito de "célula simples", por si só, já descaracteriza os conceitos de Darwin como totalmente "amebeticos" ou irracionais.

    ResponderExcluir
  7. Embora sejamos mui limitado em matéria de ciência, temos constatado que a maioria das pessoas que defendem os conceitos de Darwin, nada ou quase nada conhecem desta doutrina. E de ciência então, pouco mais que uma "AMEBA".Porem, se sabe mais, então nos explique como se alimentava a primeira célula "simples existente". Se for de albomina, nos diga qual galinha que ciscava a seu lado: garnisé, ródia, ou galinha da angola. Mas diga, por favor. Senão vou continuar acreditando em Jesus!

    ResponderExcluir
  8. Horácio, excelente.

    Está posto o desafio.

    As pessoas médias (das quais fazemos parte) que defendem o Darwinismo, o defendem por "instinto" e não por iniciação científica.
    Os fundamentos que lançam mão em sua defesa, são desconhecidos pelas pesssoas que osusam.
    Falam em datação, sem entendê-la;
    Falam em registro fóssil, sem nunca ter feito uma investigação honesta.
    Falam em elos, sem nunca os terem vistos.

    Poderiam apenas ler: "Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?
    Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação. Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens". (1 Co 1:20-21, 25)

    E suplicar a Deus por misericórdia... quem sabe Deus os ouvisse.

    grande abraço

    ResponderExcluir
  9. Se Deus é louco, farei tudo para adentrar Seu Manicômio. Mas da sabedoria deste mundo maldito, eu rejeito porquanto fede a enxofre e é quente demais... E como Odeio calor. Ora! Se as academias preferem Darwin à Bíblia. Por que aceitaram como Demonstrada a "Tese" de Mendel e a estatuíram como sendo uma "Lei"... Por que o idiota que dirigia a academia francesa, impôs sua própria teoria como lei: A "lei" de Lavoisier, se, depois a segunda lei de Termodinâmica a depôs do "altar"? E quanto ao termo neodarwinismo, por que será que o aventaram. Debalde! A ciência acadêmica é um esterco humano. Por isto fede tanto... Ou cheira, para quem adora fedor.

    ResponderExcluir
  10. Pessoas médias como nós, obviamente conhecerão os pressupostos da mesma doutrina. Acontece que esta maldita doutrina (de "Darwin"), só tem pressupostos. E como é impossível demonstrá-los, seus defensores os converteram em Síntese... Em "Síntese!" Estamos a lidar meramente com inimigos ferrenhos da Palavra de Deus. Essas pessoas, sim! Agem por "instinto". Instinto que adentraram nelas através da agencia humana. Mas esta inspirada através dos demônios. É fácil provar, facílimo: Basta ler acerca de Erasmo Darwin o avô satanista de Charles Darwin e cujo pai (outro filho do diabo), pagou uma fortuna para o seu filho ser embarcado num navio da armada inglesa. E cujos reis e rainhas, certamente são satanistas também. A coisa foi bem bolada; urdida; ensaiada: Não só para inglês ver. Mas para outros idiotas também. Enfim, muitas vezes a realidade histórica deve ser re-lida através das entrelinhas. Acontece que a participação do avô e pai de Darwin nesta estória, é quase desconhecida de todos. Ou por que foi "esquecida" nestes tão "despreocupantes" detalhes. Para nós, o Diabo andou inspirando aos três. E estes a galera dos condenados ao Inferno.

    ResponderExcluir
  11. É fatal entender a perseverança dos crentes como algo anormal, fanático, criminosamente unilateral ou fundamentalista. É fatal que estejam a lutar contra O Deus-Cristo da forma mais sofismática: Como assoprando e mordendo como morcegos ou baratas que são. Afinal atacar frontalmente a Jesus é algo eticamente paradoxal à História. Pois Jesus é o maior vulto desta, Jesus está acima de tudo e de todos... Eles sabem disso! Afinal o deus deles é Lúcifer. Senão não atacariam a nossa Fé em Jesus. Que é muito mas racional ou coerente que adorar homens e animais: vacas, ratos, macacos etc... Ou Budas, "Lamas" cujo título é mui sugestivo. Ou o Papa adjunto a idolatria mais crassa. Mas ai tudo bem, ninguém reclama, ninguém é chamado de fanático, de fundamentalista etc. NINGUÉM...

    ResponderExcluir

1. Seus comentários e refutações são bem vindos.
2. Por favor, faça-os sempre com base nas Escrituras, caso contrário, são opiniões pessoais, com pouco valor
3. Não modero cometários, seu temor ao Senhor deve sê-lo
As ofensas pessoais podem ser substituídas por refutações, ajudariam a todos que passam por aqui.

Em Cristo.