"SENHOR, não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar; não ando à procura de grandes coisas, nem de coisas maravilhosas demais para mim. Pelo contrário, fiz calar e sossegar a minha alma; como a criança desmamada se aquieta nos braços de sua mãe, como essa criança é a minha alma para comigo. Espera, ó Israel, no SENHOR, desde agora e para sempre.(Sl 131)

Visitantes

Posts

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Fui censurado ... ou apenas um mal entendido?


Para minha surpresa, ao tentar postar no Facebook, o texto http://atravesdasescrituras.blogspot.com/2010/10/aparecida-fragmentos-de-uma-farsa.html, de pronto surgiu uma caixa com a notificação de censura ou spam, o que impossibilitou a postagem.

Até aquele momento não fora notificado sobre qualquer censura desse texto ou de qualquer outro. 

O mais intrigante é que o texto do link acima (objeto da restrição) é um excerto do livro do Dr. Aníbal Pereira dos Reis, da Edições Caminho de Damasco, do ano de 1975, portanto há cerca de 35 anos. 

Penso nas dificuldades enfrentadas pelo Dr. Aníbal naqueles tempos, quando a voracidade idólatra rastejava com maior impunidade neste país.

Na defesa pela verdade, pessoas podem (e devem) refutar os textos, questioná-los à luz das Escrituras, ela é a vara de aferição e nada ou ninguém mais.

Quem teria interesse em tal censura?

É estranho, não do ponto de vista pessoal, mas quanto ao fato sob a ótica da Instituição. Pois ao acolher e formalizar, às sombras, uma preferência pessoal em detrimento de outra, alguém sem face (logo no facebook) reacendem-se  fogueiras inquisitórias. 

Para não ser demasiadamente rigoroso ou vitimado, preciso incluir a tal fato a possibilidade do engano, do mal entendido, contudo jamais o saberei. 

Solicitei o desbloqueio, verei o que acontece. 

Poderiam por um critério de justiça (termo estranho ao mundo religioso), informar a data, a autoria e o motivo que promoveram tal restrição. Assim, traria ao sol as coisas ocultas, já que o texto tem todas as informações necessárias para sua identificação, o que o faz um documento público.  

Lembra-te de Jesus Cristo, ressurgido dentre os mortos, descendente de Davi, segundo o meu evangelho, pelo qual sofro a ponto de ser preso como malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa. (2 Tm 2-8-9)



2 comentários:

  1. Pr. Paulo,

    realmente é uma atitude estranha... tive várias postagens bloqueadas também no facebook com as mesmas alegações. Não entendi nada, pois os textos são teológicos e a serem postados diretamente em minha página. Então, nem perdi o tempo de fazer uma representação para eles; preferi postar os textos diretamente na minha página do face.

    Parece que o problema é quando se envia o texto diretamente do blog..l mas vá entender!

    Cristo o abençoe!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Amado Isah,

    o procedimento que fiz é rotineiro, havia concluído uma postagem, quando ocorreu.
    Espero que sejam bugs, caso contrário, as trevas estão retomando a postura medieval.

    abs

    Paulo

    ResponderExcluir

1. Seus comentários e refutações são bem vindos.
2. Por favor, faça-os sempre com base nas Escrituras, caso contrário, são opiniões pessoais, com pouco valor
3. Não modero cometários, seu temor ao Senhor deve sê-lo
As ofensas pessoais podem ser substituídas por refutações, ajudariam a todos que passam por aqui.

Em Cristo.