"SENHOR, não é soberbo o meu coração, nem altivo o meu olhar; não ando à procura de grandes coisas, nem de coisas maravilhosas demais para mim. Pelo contrário, fiz calar e sossegar a minha alma; como a criança desmamada se aquieta nos braços de sua mãe, como essa criança é a minha alma para comigo. Espera, ó Israel, no SENHOR, desde agora e para sempre.(Sl 131)

Visitantes

Posts

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

É tempo de rever as escolhas





Manaus, 26 setembro, 2010
Igreja Batista Regular Renascer
  
Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância; pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, porque escrito está: SEDE SANTOS, PORQUE EU SOU SANTO. (I Pe 1.14-15);

“Tornai-vos santos”, sugere continuidade: andando e , em sua forma natural, para frente.  Logo, surgem em minha mente os cenários de quando caminhava por pequenas trilhas de areia em meio às gramas ralas no Ceará, sob a claridade e transparência de um céu bondoso. Imagino-me, de certa forma, naqueles caminhos, caminhando e lentamente sendo suspenso, subindo aos céus em direção ao meu Senhor. “Subindo aos céus”, é isso que minha mente deixa transbordar ao meu coração. Uma caminhada para o alto, em direção às mansões celestiais, sob um céu tão claro que me permite perceber, mesmo agora, em parte a beleza que esse dia decerto trará.

E quando falo assim, penso no prazer dos céus, eternamente com o Senhor. Esta convicção, a certeza de estar com o Senhor, preenche minh´alma, abrandando a dureza da vida.

Há os que aqui estão, que em nada se importam com as palavras do Senhor. São pessoas que aqui sentadas acusam-me de demasiada pretensão. Porém, lhes confesso que se há alguma pretensão, não foi colocado em minha mente, em meu coração por mãos humanas, mas sim, impressa pelo poder do Altíssimo. É dEle que vem o poder para manter viva a esperança de um desfrutar de Sua presença eternamente. É dEle que vem a disposição de proclamá-la além dos eirados das minhas meditações. Abundante misericórdia para sua alma é minha oração.

E outros que compartilham da mesma convicção, tais palavras são como bálsamo celeste derramado pelo Espírito de Deus em seus corações.

Se o tema dispõe minha alma para pensar em caminhada aos céus, é necessário reforçarmos nosso entendimento a respeito dos caminhos que havemos de trilhar (a santidade).

O termo santidade envolve mais que um aspecto, apesar de apenas um único conceito, a simplicidade exige que o definamos como: "aquilo que vivemos diante das pessoas".

A construção desta exposição pública é feita por meio de seu conhecimento, sua meditação e de sua comunhão com o Senhor. A união destes três movimentos é a santificação, um processo contínuo que leva à santidade. 

A pergunta prudente de quem não conhece o Senhor é: por que considerar o tema?
Porque é uma grande oportunidade para conhecer melhor a si mesmo, conhecer as possibilidades de uma vida digna diante de Deus, dos filhos, da esposa, do esposo, dos pais, dos relacionamentos em geral.

Assim, devemos dar dois passos:

Primeiro, 
é preciso saber-se.  Quem sou? A identificação de quem sou garante a importância do tema. O Senhor responderá por meio das palavras de Abraão, quando esse tentava por em prova a misericórdia do Senhor, (Gênesis 18:27): “Disse mais Abraão: Eis que me atrevo a falar ao Senhor, eu que sou pó e cinza”. Sim, cada um que aqui está não passa de pó e cinza. Nada somos, e se pensamos de forma diferente, operamos em erro, e apenas a misericórdia de Deus poderá presentear-nos com a sanidade necessária para entender a fragilidade e fugacidade da nossa existência quando comparada ao eterno Deus. Nenhum dos que aqui estão passam de pó e cinza, do pó saímos, ao pó voltaremos.

A Ele honra e glória.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

1. Seus comentários e refutações são bem vindos.
2. Por favor, faça-os sempre com base nas Escrituras, caso contrário, são opiniões pessoais, com pouco valor
3. Não modero cometários, seu temor ao Senhor deve sê-lo
As ofensas pessoais podem ser substituídas por refutações, ajudariam a todos que passam por aqui.

Em Cristo.